quinta-feira, 30 de abril de 2015

OUTRAS FORMAS DE DESFRUTAR O RADIOAMADORISMO



OUTRAS FORMAS DE DESFRUTAR O RADIOAMADORISMO
COLUNA DO MÁRIO KEITERIS - PY 2 M X K
Radioamador veterano e Escritor
abril 15
É muito provável que já te encontres algo cansado da rotina diária, alem de capturar com os teus equipamentos QSO´s de outros radioamadores, ainda vais falar um pouco com teus colegas, de velhas  amizades de rádio e iras descansar.  Isso acontece a todos os radioamadores mais cedo ou mais tarde.       Não te desanimes, para tudo há uma solução. A caça de cartões QSL especiais é uma parte significativa do radioamadorismo.    É uma força motivadora detrás de todos os contatos que surgem no dia a dia.   Para esse passa tempo requer-se uma habilidade para operar muito especial, e como resultado temos ganho um lindo QSL especial, ou um Certificado ou uma Placa  comemorativa, para ser colocada como adorno dentro do  seu shach, que é um orgulho para muitos.   Se você já se encontra operando há algum tempo talvez é hora de tornar a usar aquela velha caixa de sapatos que há tempo tinha deixado de usar, onde estão guardados os QSL´s de seus contatos, para buscar o QSL que será necessário para a confirmação e para que te ajude a começar a caça aos certificados e cartões.  Ademais a caça aos certificados, cartões QSL especiais e placas comemorativas é uma forma para adquirir novas formas para operar seus equipamentos, também é uma forma para aprender sobre a geografia, historia, ou a estrutura política de outros paises e talvez ate mesmo o seu próprio país.         Existem varias considerações básicas que se deve ter em mente quando é solicitado um QSL especial ou certificado.     Tenha por costume sempre ler as instruções detalhadamente para que sua solicitação complete todos os requisitos.     Use enquanto sejam possíveis as formas originais.  Assegure se de que tua solicitação seja nítida, legível e que indique claramente o que você esta solicitando.   Em geral as regras e as folhas de solicitação estão diretamente disponíveis  na organização que auspicias o QSL ou o certificado que a você interessa.     Você poderá conseguir toda a informação e ás solicitudes via Internet.     Se necessitar alguma informação por correio esteja seguro sempre de incluir um SASE ( um envelope com teu endereço para retorno com a franquia paga). Se for para QSL´s especiais ou certificados  envie sempre um cupom IRC (International Reply Cupon) e quando solicitar alguma informação via correio.     Tenha sempre em mente que quase todos os radioamadores que trabalham com estes cartões QSL ou certificados são voluntários .    Seja paciente, há ocasiões em que as respostas tardam.       Se tiveres que enviar cartões QSL com tua solicitação, envie-as da maneira mais segura possível e sempre  inclua suficiente franquia de correio para que te devolvam da mesma forma.       É muito importante que revises todos os cartões QSL cuidadosamente antes de enviá-los.    Assegure-se que cada cartão QSL contenha claramente e sem rasuras os dois indicativos e qualquer outra informação que te solicitem (banda, modo, data, etc.),.Nunca envie cartões QSL alterados, com rasuras ou cruzado, mesmo que estas alterações foram feitas pela pessoa que te enviou o cartão.    Cartões QSL com modificações ou supressões ou rasuras, ainda que tenham sido feitas de boa fé não são validas para QSL´s especiais ou certificados.   Se tiveres duvidas, não a envie, trate de conseguir com o colega que te enviou um novo cartão QSL e sem os defeitos apresentados no primeiro.      Meu caro colega tudo que te indico acima  de forma alguma é para diminuir teu entusiasmo.    Estas são apenas algumas orientações para que você logre conseguir seus cartões QSL´s especiais ou certificados sem maiores problemas         Para oferecer maiores desafios para os radioamadores a ARRL americana, patrocina uma serie de cartões especiais e certificados, muitos dos quais são os mais populares dento do radioamadorismo mundial. Para quase todos eles para serem solicitados devem ser por membros da ARRL.   Sempre se deve confirmar os custos destes tramites que em geral é uma cota mínima para cobrir os gastos.    A informação pertinente encontra-se em :  www.arrl.org/awards    Existe um certificado para os iniciantes chamado de “First Contact Award”..     Este vistoso certificado comemora teu primeiro contato no ar.       Para reconhecer os radioamadores novatos visite     .   A mensagem é transmitida por 5 minutos a velocidade de 10-15-20-25-30 e 35 palavras por minuto e é transmitida duas vezes ao mês.    Para um maior desafio a estação W1 A W transmite a mensagem a 40 palavras por minuto quatro vezes ao ano.     Para certificar a qualquer velocidade você deve copiar pelo menos 1 minuto sem erro a mão, impresso ou print (computador), sublinhar a porção que você acredita que esteja correta e enviar o texto para a ARRL, com seu nome, seu indicativo (se o tiver), seu endereço postal e não esqueça o custo do certificado.       O texto que você esta enviando será comparado com o texto oficial que foi transmitido, e, em pouco tempo você será notificado se você copiou a mensagem corretamente.     Se copiou corretamente  receberá de volta um vistoso certificado ou um endosso para o certificado que você já  possui.   Visite : www.arrl.org/first-contact  para a taxa do certificado.        Um certificado oferecido pela ARRL é o WAS ( Work ALL Estates), Como indica seu nome para adquiri-lo  ( deve-se trabalhar e confirmar todos os estados americanos ).     Este certificado é relativamente fácil de conseguir, mas, por vezes, existem alguns estados que não são fáceis. Informações sobre mais certificados darei em uma ocasião futura.       Estou certo de que a caça dos certificados, cartões QSL´s especiais e placas comemorativas serão de interesse e irá abrir uma nova e interessante área de entretenimento para você.
Ainda existe a famosa  COPA ELSER-MATHES a espera do QSO extraterrestre.  Tente  habilitar-se.       Apos a perda do artefato espacial americano em Marte, o MARS POLAR LANDER, desencadeou-se um renovado interesse dos radioamadores pela COPA ELSER-MATHES.      Os colegas que estiveram viajando pelos Estados Unidos, e tiveram a oportunidade de visitarem a sede da ARRL, devem recordar-se de terem visto o inusitado Troféu em exibição.       A intenção de oferecer o troféu é para marcar a ocasião do primeiro contato de 2 vias pelos radioamadores entre a Terra e Marte.           A historia da COPA ELSER-MATHES remonta ao ido ano de 1920 quando o Coronel Fred Johnson Elser W6 F B veio a conhecer Iran Persi Maxin W1 A W, Maxin era uma pessoa muito interessada no planeta Marte e era possuidor de um globo do Planeta Vermelho.        Em 1928 o Coronel Elser estava nas Filipinas e em companhia do Capitão Stanley Mathes K1 C Y, quando tiveram a inspiração de oferecer um troféu Único, para o primeiro contato em duas vias pelos radioamadores entre a terra e o Planeta Vermelho, favorito de Maxim.    A parte física do troféu foi selecionada e elaborada por Elser e Mathes durante uma viajem dos dois a Baguiu, o troféu é um entalhado de madeira nativa do local de nome IGOROT.    A base simboliza o Planeta Terra e as figuras sentadas são os seus habitantes, a taça é o Planeta Marte e os homens que estão parados são os radioamadores que fazem a união do espaço, uma placa esta sustentada pela copa e inclui um espaço para ali serem gravados os nomes e indicativos dos radioamadores que algum dia fizerem jus ao troféu, por terem cumprido o destino eventual da COPA ELSER-MATHES.           A ARRL muito pacientemente vem aguardando já a quase um século para poderem entregar este magnífico troféu ao radioamador felizardo e agora no segundo milênio a proeza parece estar muito perto de ser concretizada, entretanto se você colega radioamador quiser enviar teu nome ao Planeta Marte Visite : 
http://mars.jpl.nasa.gov/msl/participate/sendyourname/
73 do Mário

PY2 MX K

ARAUCARIA VHF CONTEST -02 E 03 DE MAIO DE 2015

quarta-feira, 29 de abril de 2015

CARTÃO QSL DE PU8WDJ CABRAL, BELEM, PA. BRASIL , FAIXA DE 28 MHZ MODO SSB



CARTÃO QSL DE PT2CA, BRASILIA, FAIXA DE 28 MHZ MODO SSB


CARTÃO QSL DE CX2RA DANIEL, URUGUAI - FAIXA DE 28 MHZ MODO SSB



CARTÃO QSL - ATIVAÇÃO ESPECIAL PQ70FEB - FAIXA DE 28 MHZ MODO SSB



CARTÃO QSL DE VA3YP, MR. RASIM , CANADÁ, FAIXA DE 28 MHZ MODO SSB



HOMENAGEM AO DIA DO INDIO 19/04/2015









sexta-feira, 24 de abril de 2015

Grupo Fernão Dias de Rádio Cidadão



Vamos compartilhar ao máximo esse vídeo, para poder mostrar pras pessoas um pouco mais sobre o que é esse nosso hobby, que aproxima quem ta longe da gente, e aproxima mais ainda quem ta perto, pois tanto os radioamadores quanto os operadores da faixa do cidadão estão sempre ajudando uns aos outros. Vale a pena assistir.
Posted by Grupo Fernão Dias de Rádio Cidadão on Sexta, 17 de abril de 2015

sexta-feira, 17 de abril de 2015

18 de Abril Dia do Radioamador

18 de Abril Dia do Radioamador - Devemos comemorar?

Publicação: 17/4/2015

*Edson Pereira, PY2SDR
**Demilson Quintão, PY2UEP

Todos os dias 18 de Abril, radioamadores de todo o mundo realizam atividades comemorativas para celebrar o Dia Mundial do Radioamador. Esse dia é comemorado desde 1925 quando a IARU (União Internacional dos Radioamadores) foi fundada em Paris.


Mas, no Brasil, devemos comemorar?
É fato que em nosso país, quando falamos que somos radioamadores, a maior parte das pessoas não faz ideia do que estamos falando. Quando o fazem, muitos acham que somos um “clã” que reúne pessoas que se sentam na frente de um radiotransmissor e ficam conversando. Mas, por que pensam isso de nós?


Os radioamadores no Brasil, em sua grande maioria, não têm que lidar com situações de emergência de grande monta. Felizmente nosso país não é assolado por catástrofes naturais tais como terremotos, furacões, tornados devastadores, dentre outras. Nos lugares onde ocorrem esses eventos, a comunicação convencional acaba sendo interrompida por longos períodos justamente no momento em que ela passa a ser vital no auxílio ao atendimento das necessidades dos vitmados. Nessas situações, muitas vezes, o radioamador passa a ser o elemento principal que possibilita as comunicações de emergências. Sendo Poliana 
(personagem da literatura infanto-juvenil e conhecida por sempre ver algo positivo em tudo), é bom que sejamos desconhecidos ou conhecidos por apenas ficarmos conversando uns com os outros. Significa que está tudo bem. Mas não é bem assim...


Temos evidências de que vários setores do nosso país estão convergindo rumo a catástrofes 
antrópicas anunciadas. E por antrópicas, entenda-se devidas à ação ou falta de ação do homem na prevenção de um mal previamente anunciado. E, por homem, entenda-se o indivíduo ou o governo.


O radioamadorismo, por ser um hobby tecnológico, científico e social, tem muito para oferecer a todos os níveis do ensino. Uma simples demonstração da capacidade de se comunicar com outros países, por exemplo, dá margem à exposição de teorias que podem passear por diversas áreas do conhecimento, tais como física, eletricidade, ótica, acústica, clima espacial, meteorologia, eletrônica, informática, geografia, organização política, história, etc. Basta saber estabelecer as conexões. A chave é INTERDISCIPLINARIDADE! Além disso, o radioamadorismo oferece a oportunidade de se aprender fazendo, de forma descontraída e interessante. Um radioamador pode desenvolver projetos educacionais de forma 
independente ou em parceria com um professor em uma escola local. Quanto maior o número de radioamadores desenvolvendo projetos, maior o efeito multiplicador. Um radioamador pode fazer muito para ajudar no combate à catástrofe educacional. E novos radioamadores podem fazer muito mais! Nesse quadro, é fácil imaginar a mudança do conceito geral sobre o 
que é um “radioamador”.

E, sim, há muitos que demonstram interesse em se tornar um radioamador porque foram incentivados por pessoas próximas, amigos ou por puro interesse no “treinamento próprio, intercomunicação e investigações técnicas”, sem visar “qualquer objetivo pecuniário ou comercial”, na forma que está escrito na legislação.
Mas, voltando à pergunta inicial: no Brasil, devemos comemorar o dia do Radioamador?

Então, respondendo à pergunta: SIM!!! Devemos comemorar! Devemos lembrar a todos, 
radioamadores ou não, do que somos capazes, do que podemos fazer, da importância que é sabermos estabelecer comunicações nas mais diversas situações, sob as mais diversas 
condições, com um detalhe muito importante: somos dependentes apenas de nós mesmos!


E não se esqueçam que ser um radioamador significa ser um potencial colaborador para a 
minimização da catástrofe educacional na qual se encontra o nosso país.

Temos que ter orgulho de sermos radioamadores. Podemos fazer muito para ajudar nosso país, apesar dele ainda não saber. Depende apenas de nós mesmos mostrarmos isso!
Feliz Dia dos Radioamadores!

Assista ao vídeo sobre radioamadorismo, produzido pela TV Unesp no programa Tradições do 


*Edson Pereira, PY2SDR - Engenheiro de Computação, Mestre em Engenharia de Software pela 
Northeastern University, Boston, EUA. Atualmente atua como engenheiro de sistemas na 
região de Botucatu, SP


**Demilson Quintão, PY2UEP, Físico formado na UNESP - Bauru e mestre em Meteorologia 
pela Univ Fed. de Alagoas Trabalha como téc. especializado em radar meteorológico no IPMet 
em Bauru.


link original e cŕeditos: